Aprenda a construir parcerias ao invés de ter fornecedores

Veja como construir parcerias de sucesso com fornecedores.

É fato que as relações mudam e para mantê-las temos que mudar junto com elas.

Ao longo dos anos, no universo corporativo, grandes mudanças ocorreram em diversos tipos de relacionamentos.

Na relação entre empresa e consumidor, o consumidor deixou de consumir apenas pelo que a empresa oferece em seus comerciais ou o que está na vitrine da loja. Hoje o consumidor tem que se identificar com a marca e ver benefícios que vai muito além do preço ou características de um produto ou serviço.

A relação entre empregado e empregador também mudou. Em uma entrevista de emprego, não só as empresas avaliam os candidatos, mas cada candidato também avalia aonde irá trabalhar. E, não estamos mais falando apenas sobre salário, mas pelo contrário, já que há pessoas que escolhem ter um salário menor em troca de outros benefícios, como autonomia, reconhecimento e bem-estar.

Relações no universo corporativo são baseadas em valor
Relações no universo corporativo são baseadas em valor.

Essas mudanças se deram por inúmeras razões, mas principalmente pelo alto nível de competitividade no mercado que tem evoluído cada dia mais.

Com a relação entre empresa e fornecedor também não foi diferente. Ela também evoluiu e muito. Deixou de ser baseada em uma competição de preços e passou a se tornar uma gestão de parcerias focadas na criação de valor para ambas partes.

Empresas que fazem essa gestão conseguem gerar melhores resultados econômicos e financeiros. Afinal, os fornecedores são responsáveis por fornecer recursos indispensáveis para o cumprimento das atividades diárias da empresa.

Assim, olhar para eles como parceiros estratégicos do negócio é extremamente importante.

Por isso, você irá descobrir nesse post como construir parcerias através de 9 cuidados desde a busca de um novo fornecedor até após a contratação. Acompanhe!

Ao buscar um novo fornecedor

Menor custo deixou de ser o fator primordial na escolha de um fornecedor. Veja abaixo os cuidados a seguir
Menor custo deixou de ser o fator primordial na escolha de um fornecedor. Veja abaixo os cuidados a seguir

1- Faça a sua pesquisa

Como já dizia Francis Bacon, conhecimento é poder. Então pesquise bastante sobre a área de especialização de seu fornecedor. Quanto mais você souber, mais te ajudará a: 

  • Evitar pagar um alto valor pela mercadoria ou serviço;
  • Encontrar o fornecedor certo para o trabalho. 

Ao fazer a pesquisa, você terá uma ideia melhor do que sua empresa precisa e se os fornecedores que você está considerando são os corretos.

2 – Aproveite sua rede de contatos e peça referências

Depois de fazer todas as pesquisas, acione sua rede de contatos e peça por recomendações.

Você também pode pedir ajuda para revisar propostas e cotações, caso algum conhecido atue dentro do mercado daquele fornecedor que você está avaliando.

Dessa forma, você avaliará melhor os riscos, se os preços estão competitivos e se o fornecedor terá a capacidade de lidar com a sua demanda.

Uma boa dica é entrar em contato com os clientes dele. Muitas empresas exibem os clientes em seus sites e isso te dá oportunidade de entrar em contato com eles e entender melhor como o trabalho prestado funciona.

3 – Revise o contrato com cuidado

Antes de iniciar qualquer novo relacionamento com um possível parceiro, certifique-se de revisar cuidadosamente o contrato. Isso pode ser feito pelo seu setor jurídico para assegurar que:

  • Não há taxas escondidas;
  • As condições de pagamento são justas;
  • Os padrões de serviço estão bem definidos;
  • Você está protegendo a segurança e a privacidade de sua empresa, de seus funcionários e clientes.

4- Certifique que vocês possuem os mesmos objetivos

Esse é um ponto extremamente relevante que deve ser considerado na hora da escolha, já que para a parceria dar certo é preciso que você e seu fornecedor tenham visão e objetivos organizacionais similares.

No mercado ainda há empresas que agem como meros prestadores de serviço. Então analise se eles possuem a mesma visão que você e não te tratará como apenas mais um cliente.

Se sua empresa preza por inovação, seus parceiros precisam garantir inovação, tanto nos procedimentos quanto na qualidade da mercadoria ou serviço em si, se não diversos conflitos começarão a aparecer. 

Imagine que uma empresa tenha como valor a sustentabilidade e estabeleça um relacionamento com um fornecedor que agrida o meio-ambiente. Isso será um tanto quanto incoerente, não é mesmo? E com certeza afetará a reputação da organização. Por isso esse cuidado deve ser tomado. 

5- Mostre o valor que sua empresa pode oferecer

Semelhante a entrevista de emprego que comentamos lá em cima, durante a negociação, quando um fornecedor tentar mostrar o valor que ele trará para o seu negócio, você também deverá mostrar o seu.

Fornecedores sofrem constantemente com inadimplência de compradores. Eles, assim como você, também estão procurando por uma parceria segura e efetiva. Então mostre que você não será um risco para o negócio deles.

Após a contratação

Como manter parcerias de sucesso com fornecedores.
Como manter parcerias de sucesso com fornecedores.

6- Mantenha e invista em um bom relacionamento

Ao manter boas experiências com os seus fornecedores, resultará em confiança, credibilidade e flexibilidade na relação comercial.

Quando se há um bom histórico de pagamento, negociações futuras com novas condições ficam mais fáceis de conseguir. Como ao pedir um aumento de demanda ou maior prazo para pagamento em uma emergência, por exemplo.

Outro ponto que é importante citar é que mesmo sendo uma relação B2B (business-to-business), no final das contas, você estará trabalhando com pessoas. Essas pessoas possuem a sua própria rede de contatos — graças ao famoso networking — que podem se expandir para territórios que agregará valor ao seu negócio.

Mas, você só irá descobrir se você investir nesses relacionamentos. 

7- Comuniquem-se com frequência e abertamente

Um bom trabalho é fruto de uma boa comunicação. Qualquer dificuldade que você ou seu fornecedor tiver, deverá ser comunicado ao outro prontamente. 

Se sua empresa irá passar por alguma recessão ou terá problemas de atrasos com pagamento, converse honestamente com ele a respeito.

Da mesma forma que ele deve te informar proativamente qualquer dificuldade na entrega de uma mercadoria. 

Isso fará com que uma relação de confiança seja estabelecida, além de minimizar conflitos e decepções.

8- Busque a colaboração mútua

Empresas as quais você adquire mercadorias ou contrata serviços são parceiros no seu crescimento. Afinal, quando você gera mais negócio, eles geram junto com você.

É uma relação mutuamente benéfica.

Quando você está alinhado com os seus fornecedores e os trata como parceiros, ambos negócios terão taxas de sucesso mais altas, riscos menores além de colaboração e inovação otimizadas.

Além do mais, garantir a colaboração mútua será melhor que fazer troca de fornecedores a todo tempo. Trocas possuem um custo elevado, além de ter que começar a estreitar um novo relacionamento do zero, diminuindo vantagens competitivas no mercado.

9- Economize dinheiro ajudando-os a economizarem também

Como dito, tratar fornecedores como parceiros é fundamental para o sucesso de sua empresa.

Descubra como você pode trabalhar para melhorar a vida de seus fornecedores, economizando seu tempo ou dinheiro. Ao entender o seu modelo de negócio, você pode fazer solicitações de forma eficiente, e com isso reduzir os custos para ambas partes.

Se você gostou deste post sobre construir parcerias, então siga as nossas páginas nas redes sociais para acompanhar as nossas atualizações: estamos no Facebook, no Twitter e no LinkedIn


Como reduzir custos com transporte de funcionários e maximizar lucros!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *